Hoje em dia, de acordo com esta nova forma de encararmos a nossa relação com o melhor amigo do homem, o cão tem vindo a ser considerado como mais um membro da família. No entanto, é necessário haver consciência da posição hierárquica que cada uma das partes ocupa na pirâmide. É importante que o ser humano ocupe sempre a posição de líder da "matilha", para que esta relação seja equilibrada.

Pretendemos ajudá-lo a educar e sociabilizar o seu cão, de forma a que todos os anos que passar na companhia do seu amigo sejam plenos de bem-estar e alegria.

  Treino de Obediência

A obediência proporciona uma convivência harmoniosa entre o cão e o seu guia, funcionando como um meio de comunicação e entendimento entre ambos. Com a disciplina de obediência é possível ser encontrada uma plataforma de respeito, tendo como base uma noção clara de hierarquia.

  Treino de Sociabilização

A sociabilização canina, tendo como base a obediência, consiste na integração do cão na sociedade, permitindo a interacção com outras pessoas, outros cães ou animais, de forma a que tanto o guia como o cão disfrutem do espaço que os rodeia, convivendo de forma sã e tranquila.

  Treino para Solução de Problemas Específicos

Por vezes os cães apresentam comportamentos atípicos que nos podem desagradar, tais como:

  • Ladrar em excesso;
  • Agressividade;
  • Medo;
  • Puxar constantemente, durante o passeio;
  • Saltar para as pessoas;
  • Falta de relação com o dono.
  • Controlo Higiénico.
Com uma boa educação e sociabilização é possível resolver ou minorar estes problemas.

Os treinos ao domicílio disponibilizam um conjunto de serviços que pretendem promover uma relação saudável entre os cães e os seus donos.

Os treinos são dirigidos por Carlos Cordeiro, uma pessoa de elevada experiência na área. Estes treinos desenvolverão todas as vertentes da educação canina, como a obediência, a sociabilização ou até mesmo resolução de problemas específicos.

Dois pequenos exemplos de bom ensinamento:
Fala-se que afocinhar o nosso amigo no xixi ou fezes faz com que não volte a fazer; MAS NÃO.
O cão só assimila a repreensão no momento exacto em que faz a asneira, não é batendo ou afocinhando-o é ENSINANDO-O onde deve fazer e tão importante como repreendê-lo é gratificá-lo quando faz bem. (Controlo Higiénico)
Já lhe aconteceu concerteza o seu cão ter fugido e quanto mais chamava mais ele fugia e quando vinha até si dava-lhe uma palmadita não?
É esta a ideia que a maioria das pessoas tem, mas estão completamente enganadas pois se o seu cão vem até si (mesmo que corra atrás dele durante mais de 1 hora) se lhe bate quando vier, da próxima vez associará vir até si "a apanhar novamente!". (Obediência)



Para mais informações contactar: 914835002 (Carlos Cordeiro).

Folheto 1 Folheto 2 Folheto 3

Informação:

Serviços

Sobre

Carlos Cordeiro

Curso de Treinador / Tratador de Cães tirado na Força Aérea Portuguesa em 1991.

Contactos

Tosquias e Banhos

Design by © 2009-2014 Sr. Técnico de Informática - Todos os direitos reservados